Novas Estações pedem Novas Tendências 

Gosto de mudar, experimentar  mas acima de tudo, tenho um certo fascínio por me ir reencontrando.

As mudanças de estação são, por si só, uma excelente oportunidade para isso mesmo. 

Libertar-nos do que temos a mais e, pouco a pouco adicionarmos o que vai fazendo mais sentido.

Altura em que mudar é mais fácil.

Encaro na maior parte das vezes como, o início de um novo ano, uma nova oportunidade, um novo ciclo.

Limpa-se o armário, e com muita convicção e coragem, é  guardar apenas o essencial. Guardar o que é para se utilizar e a cima de tudo o reforça a personalidade.

O que de uma forma ou contribuí para fazer sentir-nos segura e garante assim um aumento da autoestima.

Muito importante, nada de segundo armário. 

Doar tudo!

Doar a roupa que não obedece aos critérios a cima  mencionados.

Nada de cair na tentação de vestires o que não te traduz. Pode ter sido giro a alguns anos a trás mas agora não é mais. Nós mudamos e o teu guarda roupa deve espelhar isso mesmo.

Este ano reforço o meu próprio estilo. Aquele que me faça sentir confiante.

BOLD é  a palavra de ordem.

E a inspiração  provem do minimalismo.

Aqui está um pouco do que me inspira a ideia é seguires…. o que te inspira a ti!

Estas são do pinterest 

Comprar vs Inspirar….

CLO, Carole Tanenbaum e Maria London onde me inspiro!

ZaraH&M e PULL são onde faço as aquisições!

Outono leva o que não faz falta

E é assim, que começa a ganhar sentido cada uma das estações do ano.

Ser o verão a estação antecessora, não facilita a vida ao pobre outono.Muito pelo contrário,exige-lhe um esforço adicional.

Não é fácil quando antes mesmo de acabar o verão, já choramos as saudosas tardes de verão e os dias de sol e praia que nos faz sentir tão bem.

Para entrada outono oferece-nos o equinócio de outono, mas não é por isso que o faz ser bem vindo.

Só ontem consegui percebi o que te faz especial lindo outono.

Ensinas-nos de forma tão tranquila a arte do  desapego.

Desapego é o que pode tornar essencial esta estação. 

Momento que nos foi ofertado para podermos libertar do que já não nos faz mal. Libertar o que faz mal, que temos em demasia ou até o que já não faz sentido ter.

Vamos aproveitar para apenas deixar o que nos vai fazer sentir bem, feliz e grandiosas e nos ajude a crescer, crescer crescer.

Afinal até  gosto da ideia de ser mais feliz no outono.

Então vamos investir nisso mesmo.

Seguindo o exemplo das árvores, deixar cair as folhas mantendo os ramos, seguros e fortes  para ser mais fácil neles florescer outras flores e folhas.

Bem vindo Outono afinal… fazes-me muita falta.

Enjoy life

miss smart

Do Ballet para o KARATÉ 

Já partilhei à  algum tempo o meu encanto pelo ballet. 

Também assumi, que “apresentei” com muito afinco a modalidade à Inês. 

E não é segredo para ninguém que tinha a esperança que como eu, a Inês se encanta-se com o mundo dos tutus e das pontas. 

Idealizei vários momentos juntas a partilhar histórias e até um quadro com as minhas pontas e as dela… coisas de mãe com sonhos alguns sonhos por realizar?! 

Mas ao fim destes 7anos de aprendizagem na arte de ser mãe, há pelo menos duas coisas que já aprendi: 

Primeiro, que a Inês não é uma mini EU.

Segundo, que o que me faz FELIZ a mim, não tem de ser necessariamente o que lhe faz a ela.

Com base nestes dois princípios, é oficialmente dado por terminado,a passagem da Inês pelo mundo do ballet. 

É verdade que era lindo vê-la com o seu tutu e, não é menos verdade que tinha muito jeito. 

Mas o interesse e a motivação para estar lá não existia. 

Por isso, e porque acredito ser muito mais importante o que ela realmente quer experimentar, resolvi dar mais importância aos sonhos da Inês.

E assim, ontem iniciou o que à muito me pedia –KARATÉ

Segundo o professor, tem muito jeito (começo a estranhar todos dizerem o mesmo da Inês. ..), e a adrenalina à saida era tanta ou tão pouca, que a primeira coisa que fez foi… dar um murro pai.

Estava realmente feliz.

A timidez e vergonhada do início para entrar na sala, foi à saída substituída por uma enorme felicidade e  grande entusiasmo com a ideia de que quarta para continuar.

Para ser sincera nunca a tinha visto assim no ballet e percebi que estava para já, no sítio certo.

Por isso concluo : se és mãe e tens um sonho realiza-os não sobrecarregues os teus filhos,  eles já têm os deles.

Enjoy life and follow your dreams

Is a very cool thing be a smart girl

miss smart

Uma retrospectiva de 7anos

Costuma  se dizer: “parece que foi ontem”. Mas não  para mim. Para mim parece mais que foi à muito muito tempo.

É  que ver te crescer, faz sentir-me muito mais completa, muito realizada e tenho sempre a sensação que, de alguma forma, sempre estiveste comigo.

É verdadeiramente desafiante, este papel de ser mãe.

Mas é por outro lado um crescimento comum, uma espécie de tentativa erro. É um aprender constante, uma grande capacidade de saber adaptar com o único objectivo de cometer menos erros desta vez. 

Amar-te foi como ganhar sentido ou,dito de outra forma, ganhar u. grande e novo sentido, para isto que é viver.

Não é maior, nem melhor é somente único, grandioso.

A única coisa que mais se assemelha a tamanha beleza que é amar-te, é ver-te FELIZ e a SORRIR.

Nunca te vais lembrar de como tudo começou.Mas também porque agora pouco importa. 

Não foi fácil, foi mesmo muito duro.

Mas a parte boa é que foste grande guerreira. 

Não te dei descanso, trabalhava noite e dia mas tu, também nunca vergas te e, mostravas essa garra ainda dentro de mim. 

Por querer o teu melhor,logo passado 4 meses voltamos a rumar para sul.

A sorte é termos tido boa gente que nos encheu o coração de amizade, lealdade e muita compaixão.

Mastapidamente percebi que estava errada: faltava tudo.

Por isso voltamos!

Voltamos para junto de quem nós tanto precisamos e amamos: a nossa FAMÍLIA.

Estes 7anos foram um conjunto de primeira vez !

E o que o papá vibrou com o primeiro banho, acho que com a primeira vez que te trocou a roupa é que a coisa foi mais desafiante. Pobre papá que nervos! 

E muitas outras primeiras vezes, viram eu sei. 

Mas também sei, que no mínimo vai ser tão bom como estes primeiros 7anos .

Prometo pensar com carinho em, escrever um livro para que mais tarde possas ler e contar a história da tua/nossa vida.

Agora vamos celebrar a entrada no 7 ano de vida e, saborear o bom que é partilhar esta história em conjunto contigo filha…. e com o papá claro, sempre!   (senão já sabes fica com ciúmes).

Acreditar muito no que nos faz feliz,   mesmo que não seja logico para as outras pessoas. 

Acreditar que por exemplo, nós que o planeta mais distante da terra é Plutão e dizer todos os dias:

Amo te até Plutão 

Love you Zocas

Adoro te Zoquinha linda da mamã 


São Pedro só te peço mais uns dias

Está a chegar o melhor dia do ano.

A Zocas faz 7ano!

Tanta coisa a acontecer neste setembro que os fins de semana começam a ficar, ainda mais pequenos.

Mas domingo é O DIA

Zocas está eufórica com a possibilidade de convidar os amigos para a casa dos avód. 

É a festa que pede à meses. Amigos e piscina combinação perfeita para a PRINCESA RAPUNZEL  (é a temática do ano).

Por isso, não desiludas a minha pequena S. Pedro e que venha de lá os 29’C.

Na realidade é  que se chover o que se faz à criançada lá em casa.

É muito complicado conseguir animar 15 crianças especialmente, com grandes expectativas. E, para já  a chuva nunca entrou na equação. 

Vá S. PEDRO facilita lá este processo!

by pinterest 
My lovely Zocas

 Enjoy your Birthday 

miss smart

Detox … “te quiero”

O meu cérebro é como as barragens, tem que fazer sentido para deixar entrar mais água, no meu caso informação útil.

Toda a minha gente falava em detox e achando eu que era emagrecer achei… não  é  por aí o meu caminho.

Falta de informação  da minha pessoa e estou rendida ao que me faz limpar o que não  importa.

Detox está agora para o meu corpo como a meditação para a minha alma e mente : PURA LIMPEZA.

Estou a reunir o meu TOP 5 e depois partilho. Partilho apenas os que gostar e, que me fizer sentir bem.

Esperem que isto agora é que vai ser só  coisas boas.

Enjoy

miss smart

E no segundo dia … tudo doeu

E no segundo dia  tudo doeu. 

O movimento de andar é  qualquer  coisa que nunca pensas te ser (quem passoupelo mesmo sabe).

Rir, sentar, levantar e com um pouco de sorte até  deitar é  d o l o r o s í s s i m o.

Claro que tem a parte boa, reencontras partes de ti que não te lembravas que existiam . 

A quantidade e variedade de músculos e fibras que te acompanham diariamente e tu, nem te das conta é assim qualquer coisa.

Para ser honesta esse não  é bem o problema, a questão  está  no meu não verbal.

Tentas esconder,  tentas disfarçar mas o sofrimento de cada levantar da cadeira ou descer de escadas é  muito.

Mas tudo irá  passar e vai valer a pena como diz o velho ditado : “no pain no game”

This a good motivation 

Enjoy life

miss smart